16fev
2016
0

A Princesa e a Ervilha em Doce

Era uma vez um príncipe muito exigente. Ele queria se casar com uma princesa autêntica. Procurou em diversos reinos, em várias partes do mundo. Sempre havia algo que não o agradava: o jeito, a voz, o cabelo, a altura…
Aborrecido, depois de muito tempo de procura, volta para seu castelo e relata ao rei e à rainha sua busca por uma princesa verdadeira.
O tempo passou: sol, lua, sol, chuva, sol… Até que um dia ocorreu uma terrível trovoada. Raios iluminavam o céu. De repente, muito tarde da noite, batidas na porta do castelo, o próprio rei foi atender e viu uma moça toda encharcada – água e água por todos os lados.
Ela se apresentou como princesa e pediu abrigo, pois sua carruagem havia quebrado.
A rainha que veio ver o que estava acontecendo, pensou, pensou muito… “ Vou fazer um teste para verificar se ela é uma princesa de fato.” Foi ao quarto de hóspedes, colocou uma ervilha no estrado e vários e vários colchões por cima.
A princesa foi para o quarto, deitou-se na cama, tentava dormir, mas não conseguia. Virava de um lado, virava do outro, sentava na cama, trocava de posição, tudo tentava e nada de adormecer.
Pela manhã, na hora do café, com o rei, a rainha e o príncipe, todos curiosos, eles perguntaram:
– Como foi a sua noite? Dormiu bem? Descansou?
A princesa respondeu:
– Não sei o que aconteceu, mas não consegui adormecer. Não estava nada confortável. Havia algo me incomodando. Devo estar toda marcada, pois no colchão havia algo desconfortável.
A rainha, feliz, disse ao príncipe:
– Ela é uma princesa autêntica! Ora, viva!
O príncipe ficou encantado, pois era realmente o que procurara durante muito tempo, pelo mundo todo: uma princesa verdadeira.
Eles se casaram. Foram felizes e guardaram com toda pompa, a ervilha, como prova de autenticidade da princesa. A ervilha ficou exposta no palácio para que todos reconheçam uma princesa de verdade.

Pesquise a biografia de Hans Christian Andersen.

Conheça as releituras desse livro:

O Jardineiro Vegetal – Giuseppe Arcimboldo

Castelo Egeskov na Dinamarca

Sem Comentários

Responder

Click to access the login or register cheese