06nov
2021
0

DINNER EXPERIENCE – A BELA E A FERA

Em um castelo de 1500 m² você tem entretenimento e gastronomia.

Você é convidado a participar de um baile real em comemoração ao aniversário da rosa mágica. A magia está presente em todos os lugares desde o momento que você chega para entrar no castelo, pois você é tratado como My Lady e My Lord pelos recepcionistas trajados com figurinos de época.

No saguão de entrada, existe uma lojinha e um estúdio de fotos com decoração de um castelo medieval.

Ao entrar no salão, você é conduzido por outro recepcionista elegantemente trajado que o leva até a mesa. Após tomar seu lugar, os funcionários da realeza passam de mesa em mesa oferecendo o cardápio das delícias do dia e já preparando o público para o início da segunda parte da experiência.  É o antigo e a tecnologia unidas, pois você escolhe o cardápio no tablet e o pedido vai direto para a cozinha real. O prato escolhido chega bem rápido. Muita organização e eficiência.

O espetáculo é anunciado por um músico três vezes.

 

Como era comum nas festas realizadas pelos nobres, havia a presença de músicos, grupos de teatros, dançarinos, mágicos, acrobatas para entreter os comensais. Neste baile, acontece a mesma coisa. Começa com uma estátua praticando ilusionismo, músicos, dança e uma garota fazendo contorcionismo.

O príncipe e a princesa aparecem para agradecer a presença de todos para o baile real e vão relembrar a sua clássica história de amor escrita originalmente por Gabrielle-Suzanne Barbot em 1740 e condensada em 1756 por Jeanne- Marie Leprince de Beaumont, a versão mais conhecida.

“Com dezenas de artistas, os convidados desse glamoroso evento podem esperar muita música, dança, teatro e ilusionismo, além de efeitos especiais visuais e olfativos durante todo o percurso. Tudo isso enquanto se deliciam com uma experiência gastronômica elaborada especialmente pela chef Ana Laura de Melo Guedes e Oliveira.”

A história é iniciada pelos quadros falantes que ficam nas paredes do castelo. Eles funcionam como narradores. Participam da história fazendo comentários engraçados, inteligentes, com uma linguagem bem moderna.

Bela está lendo, e as irmãs, e os irmãos só se divertindo e atrapalhando a Bela. Depois o pai avisa que chegou de viagem e levará a elas os presentes: vestidos, joias e para Bela, uma rosa.

No palácio, o príncipe desdenha de uma bruxa com uma rosa mágica. Nesse momento ele é transformado em fera e esse feitiço só será quebrado por um amor verdadeiro. Todos no palácio são transformados em objetos: candelabro, espanador, relógio, bule, tapete… O figurino é um show à parte. Grande riqueza de detalhes e requinte dão vida e realismo aos clássicos personagens da história.

 

O pai de Bela chega ao palácio. É bem acolhido. Mas como prometera levar uma rosa para a filha acaba roubando uma.

 

Fera fica indignada e diz que ele ficará preso no palácio ou a filha poderá trocar de lugar com ele. Ela fica em seu lugar. Dança com a fera e convive bastante com ela.

 

 

 

Até que um dia, o pai adoece e ela volta para vê-lo. Demora um pouco mais do que o desejado. Fera está muito doente, quase não dá tempo.

Mas o amor verdadeiro prevalece. Há uma magia no ar, o príncipe levita.

 

A rosa mágica volta a vida também. Afinal de contas todos fomos convidados para seu aniversário.  A rosa vermelha faz muitas acrobacias para os convidados da Bela e da Fera.

Pai, irmãos, todos foram ao casamento da Bela. E dessa forma a festa termina com os retratos falantes questionando uma série de acontecimentos. Mas, com certeza a Bela e a Fera foram felizes para sempre!

 

Excelente oportunidade de viver momentos mágicos de música, tecnologia, dança, teatro, ilusionismo recheado com muito sabor!

Parabéns ao grupo…!  @abelaeaferaexperience

Aproveite para adquirir o seu exemplar e construir a sua versão da história: A Bela e Fera em Doce

Sem Comentários

Responder

Click to access the login or register cheese