30jul
2019
0

Igreja de São Bento

A história dos Beneditinos em São Paulo é bastante antiga. Começa em 1598, ano em que fundaram uma modesta igreja dedicada a São Bento.

Em 1634, as obras foram concluídas e a capela dedicada a São Bento foi alterada para Nossa Senhora de Montserrat e em 1720 passou a se chamar Nossa Senhora da Assunção, título até hoje.

Ainda no século XVII o bandeirante Fernão Dias Paes, o caçador de esmeraldas, ajudou na ampliação da igreja. Em troca desse apoio financeiro, os monges determiraram que ele e sua família poderiam ser enterrados na capela mor. Seus restos mortais ainda estão na cripta da igreja.

Só em 1903  houve renovação do mosteiro e a fundação do Colégio São Bento e da Faculdade de Filosofia. Demoliram a igreja e mosteiro colonial para a construção mais moderna para acompanhar o desenvolvimento urbanístico da cidade de São Paulo.

As imagens de São Bento e de Santa Escolática que estão na atual basílica foram feitas em 1650 por Frei Agostinho de Jesus.

Em 1922 a Basílica Nossa Senhora de Assunção foi consagrada e inaugurado o relógio de fabricação alemã e considerado o mais preciso de São Paulo.

O órgão também é alemão e possui mais de 6000 tubos para assegurar uma sonorização para os cantos gregorianos dos monges beneditinos nas missas.

 

 

Sem Comentários

Responder

Click to access the login or register cheese